Portal Sucesso
Publicidade
Portal Sucesso
Portal Sucesso no TwitterPortal Sucesso no FacebookPortal Sucesso no Youtube




Notícias

23 de maio de 2013

O samba eletrônico do Oba Oba Samba House

Uma curiosa combinação de samba com música eletrônica colocou o Oba Oba Samba House no mapa do mercado musical brasileiro. “I Love You Baby” (abaixo) foi uma das músicas mais tocadas da trilha sonora de “Salve Jorge” (Globo) e mostrou o novo estilo criado por eles ao Brasil inteiro.

Em seu segundo disco, “#naVibe”, o grupo mescla repertório autoral com versões de outros grandes artistas, como Raimundos (“Mulher de Fases”), Oasis (“Wonderwall”) e Paralamas do Sucesso (“Meu Erro”). “I Love You Baby”, uma das autorais, foi escolhida por Glória Perez para integrar a trilha sonora de sua novela. “Durante o processo de gravação do nosso segundo CD, ficamos sabendo que ela gostava do nosso som. Então, mandamos todas as músicas para ela antes de terminarmos de gravar o disco”, explica o vocalista Luciano Tiso.

Tiso comemora o fato de conseguir emplacar uma música autoral na TV e nas rádios. “É um ritmo novo que nós criamos, ainda tem muito campo para explorar”, completa. Nos próximos dias, o Canal Multishow exibirá um documentário, no qual retratará a vida deles na estrada. “Fizemos sete shows em quatro dias e o programa vai mostrar essa correria de um show para outro”, diz o vocalista.

A história do Oba Oba Samba House começou há mais de 13 anos, quando os integrantes formavam a banda Cinco Minutos, que tocava pop rock. As coisas começaram a mudar durante um show no qual eles dividiram o palco com um DJ. Em certo momento, eles resolveram acompanhar uma batida do DJ com um samba elétrico, o que agradou ao público logo de cara.

No inicio, a banda fazia versões de grandes clássicos do pop rock, tocando no estilo que eles criaram. Com o tempo, o que era para ser um projeto paralelo acabou se tornando o trabalho principal dos rapazes. “Os fãs do rock são bem fervorosos, mas a nossa mudança de estilo teve uma aceitação incrível”, explica.

Tiso ressalta que a banda não se prende a um estilo apenas. “Nós tocamos sertanejo, samba raiz, rock, enfim, não temos preconceito”. Isso fica bem explícito no último disco da banda. “Contamos com participações de artistas que tocam estilos completamente diferentes: Jammil, Mr. Catra e Turma do Pagode”, diz Tiso. O vocalista cita Seu Jorge e Jorge Ben Jor como duas das maiores referências da banda. Vale lembrar que nos anos 60, Ben Jor foi apontado como um dos artistas que ajudaram a modernizar o samba.

Comments

Comentários





Comments

Comentários

publicidade